Diário da Informação

Forte tempestade deixa mais de 200 mil residências sem energia no Sudoeste e Oeste

Coronel Domingos Soares Foto: Copel

Fonte: PP News

Com a chegada de um temporal de grandes proporções ao Paraná pelo Oeste e Sudoeste, e agora afetando municípios de todas as regiões do Estado, a Copel intensificou sua mobilização de equipes para restabelecer o fornecimento de energia. Aproximadamente 800 profissionais da companhia estão empenhados na reconstrução da rede danificada pelos fortes ventos e pela alta incidência de raios. Com o deslocamento da tempestade para o interior do Estado, a companhia já registrou 4.023 danos à rede de distribuição de energia. Cada ocorrência representa um ponto diferente da rede que será inspecionado e reparado pelas equipes. No momento, há 217 mil domicílios sem energia em todo o Estado. Os municípios mais impactados incluem, no Oeste, Toledo, com 11,9 mil unidades desligadas, Foz do Iguaçu, com 8,7 mil, e Cascavel, com 5,8 mil; no Noroeste, Umuarama, com 7,4 mil unidades consumidoras sem energia, Querência do Norte (5,2 mil) e Mandaguari (4,7 mil); no Centro-Sul e Leste, onde o temporal atingiu mais recentemente, Reserva está com 11,1 mil unidades desligadas, Ponta Grossa com 6,2 mil, Colombo com 3,6 mil, e Balsa Nova com 2,7 mil. De acordo com o Simepar, foram registradas rajadas de vento de 91,4 km/h em Foz do Iguaçu, 96,1 km/h próximo a Francisco Beltrão e 87,1 km/h em Nova Prata do Iguaçu. Segundo a Escala de Beaufort, que mede a força dos ventos, essas rajadas são classificadas como ventanias fortíssimas e têm potencial para causar danos às habitações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *